terça-feira, 7 de julho de 2015

Do jeito q esta não da, dia nacional da luta. INSS de Coroatá aderem a paralização nacional.

Centenas de trabalhadores do INSS, SAÚDE, MTE, ANVISA e PREVIDÊNCIA, presentes no Encontro Nacional, realizado dia 31 de maio de 2015, aprovaram o Indicativo de greve geral, que tem início hoje, dia 7 de julho.

O governo, aprovou reajuste fiscal, além de alterar as regras para dificultar ou impedir o pagamento do seguro defeso e seguro desemprego, num momento de recessão econômica e crescimento do desemprego, dentre outros; na pauta está o Reajuste da Remuneração de acordo com a inflação; Incorporação das Gratificações; Plano de Cargos e Carreiras; 30 horas de Trabalho para todos os servidores; Concurso Público para repor quadro funcional; Fim do Assédio Moral; Contra as Terceirizações; Isonomia Salarial e Paridade entre Ativos e Aposentados.


A greve permanecerá por tempo indeterminado mesmo sem a perspectiva de atendimento das reivindicações.

Em Coroatá os funcionários também estão em greve atendendo assim a categoria nacional, em nossa cidade os trabalhos que estão funcionando é só casos graves ou que já estavam agendados, um dos principais problemas em Coroatá é que não tem pericia medica, a câmara municipal já debateu este tema na plenária mas ate agora nada foi resolvido, de acordo com os organizadores do INSS de Coroatá já é uma deficiência Nacional a falta nacional os médicos que fazem pericias 

A greve será por tempo indeterminado ate que suas reivindicações sejam atendidas.
Comentários
0 Comentários
COROATÁ NA TV. Tecnologia do Blogger.