sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Auxílio transporte de 25% a universitários,não tem votos de vereadores de oposição em Coroatá .

Na quarta-feira (9), as vereadores de Coroatá foram convocados para mais uma sessão extraordinária. Em pauta cinco projetos. Um deles foi o auxílio transporte a estudantes universitários, correspondente a 25%, sobre o valor base de R$ 450,00. Ou seja, uma ajuda de pouco mais de R$ 100,00.
Acontece que o projeto foi discutido, mas não chegou a ser votado, já que os vereadores de oposição deixaram o plenário em protesto contra os colegas de situação que não aceitaram nenhuma emenda.
Os parlamentares oposicionistas perceberam – segundo os mesmos, após conversas com universitários – que há alguns critérios no projeto de lei que deveriam ser modificados para beneficiar de forma justa todos os estudantes. Vejam quais são eles:

  • A lei, encaminhada pelo executivo, concederá o auxílio apenas a estudantes matriculados em cursos na cidade de Caxias-MA. Nas redes sociais muitos se perguntaram porque os universitários que estudam em Pedreiras, em São Luís e outras cidades não serão beneficiados.
  • Outro ponto, é que se o estudante receber uma nota abaixo de 7,5 ele automaticamente perderá o benefício. O que os vereadores propuseram foi que a nota obedecesse a estabelecida pelo MEC, de 7. A proposta também foi recusada.
  • Também foi discutido sobre os estudantes que já tenham curso superior. Quem tiver formação de nível superior, mesmo que esteja estudando em Caxias, não será incluído no benefício. A bancada oposicionista entendeu o objetivo da Prefeitura, que é dar oportunidade a quem está começando, mas também reconhece que há pessoas com ensino superior que estão desempregadas e mesmo assim se esforçaram para ter uma nova formação, esses também merecem o auxílio. A ideia era fazer uma avaliação de quem realmente precisa ou não.

Como nenhuma das sugestões de alteração na lei foi atendida, os vereadores de oposição deixaram o plenário e assim a votação foi adiada por falta de quórum. O executivo pode e deve enviar novamente o projeto para a Câmara Municipal.
MATÉRIA - COROATAONLINE
Comentários
0 Comentários
COROATÁ NA TV. Tecnologia do Blogger.